4 dias em Santo Antônio do Pinhal / Campos do Jordão – Dia 4

Após o café da manhã na pousada, arrumamos nossas coisas, fizemos e check out e fomos visitar o Jardim dos Pinhais, que já havíamos adquirido o ingresso no dia anterior.
O lugar é realmente lindo. No último espaço visitado tem um redário que fica à sombra das árvores, ótimo para dar aquela relaxada.
A visita pode ser guiada ou não. Chegamos minutos depois de um grupo sair, por isso fizemos o passeio sem guia mesmo.
Um local que merece sim ser visitado.

IMG_2528 

IMG_2547

Almoçamos no Santa Truta que durante a semana tem um menu turístico com duas opções de pratos a R$ 20, deu para perceber que estávamos na economia né? rs
Como falei no primeiro post, nossa intenção era ficar em casa mesmo durante essas férias deviso a grana curta. Acho interessante relatar, para que vocês percebam que existem opções para todos os bolsos.
Apesar da demora no serviço, o restaurante estava com algum evento, acredito que por isso a lentidão, a comida era muito saborosa. As opções eram meia truta ao molho de ervas finas, acompanhada de arroz, legumes na manteiga, pirão de peixe e uma saladinha ou picadinho de filé mignon, acompanhado de arroz, feijão, farofinha, legumes na manteiga e a mesma saladinha.
Achei ótima opção a um preço camarada. Vale lembrar que o restaurante serve essa opção apenas no almoço.
Infelizmente não fizemos fotos, por conta da demora o humor não era dos melhores.

Após o almoço, por volta de 15h, seguimos de volta para São Paulo.
No caminho fizemos uma parada na lanchonete Leite na Pista. Ela tem umas mesas à beira do lago, ambiente super agradável e um pão de queijo bem gostoso. Mas não sou a pessoa mais indicada para avaliar pães de queijo, pois para mim até os ruins são bons. Amo de paixão e morro de vontade de ir para Minas Gerais só para provar um tradicional pão de Minas (a louca).

O balanço final é de que a viagem, apesar de simples, valeu! Estar com quem se ama, independente do lugar e das circunstâncias, sempre vale a pena!!!

Santo Antônio tem mais alguns lugares para visitação gratuita. Há mirantes, cachoeiras, praças, fontes de água mineral, mas como ficamos poucos dias e nos dividimos também com Campos do Jordão, não tivemos tempo para conhecer tudo. Mas a dica é que é melhor hospedar-se lá a partir de quinta/sexta-feira, quando a cidade tem mais movimento, fazendo com que o comércio e restaurantes funcionem em melhores horários.
O período de nossa estadia (domingo á quarta) também foi escolhido visando a valores mais baixos.

Espero que vocês tenham gostado do meu diário de viagem.

Beijinho.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s